Assuntos estratégicos de Segurança e Defesa

2567 - Dezembro de 2015

Editorial
General
José Luiz Pinto Ramalho

Constituindo a edição de Dezembro a última deste ano e tendo sido realizada a 2ª Assembleia Geral de 2015, parece ajustado salientar o que de mais relevante foi concretizado, o que se programou para 2016 e, também em termos editoriais, o que nos parece ser importante acompanhar no âmbito da segurança e defesa, quer em termos nacionais quer em termos internacionais. [...]

 

A crise migratória na Europa
Capitão-de-mar-e-guerra
Manuel Amaral Mota

O crescente número de migrantes e refugiados que procuram atingir as costas europeias, nos últimos anos, tem colocado, às diversas instituições que se ocupam do assunto (OIM, UE, ONU), questões para as quais ainda não foram capazes de encontrar soluções estruturais, para bem das gerações futuras e, em último recurso, para o bem da civilização ocidental.

A Guiné Equatorial (antiga Guiné Espanhola) na CPLP
Tenente-coronel
João José de Sousa Cruz

Na História de Portugal consta a passagem de naus portuguesas pelas costas do Golfo da Guiné, tendo nela se estabelecido várias praças fortes e grandes entrepostos comerciais.

É nele que se situa a Guiné Equatorial, país caracterizado pelo autor, num artigo profusamente ilustrado, como dispondo das condições para ser membro de pleno direito da CPLP.

Arte da Guerra do Mar (1555) de Fernando Oliveira – Um tratado pioneiro sobre estratégia naval
Capitão-de-fragata
Luís Nuno da Cunha Sardinha Monteiro

Arte da Guerra do Mar é uma obra escrita pelo padre português Fernando Oliveira, em 1555, e que, na perspetiva do autor, pode ter ajudado na criação das bases da moderna estratégia naval e que viria a ser sistematizada por teóricos, como Alfred Thayer Mahan.

A sua falta de divulgação ficou a dever-se ao facto de ter sido escrita em português antigo e nunca ter sido traduzida.

Em breve, passará a estar disponível em língua inglesa o que ajudará, certamente, à sua divulgação a nível internacional.

A política e a diplomacia no início da guerra
Embaixador
António Manuel de Mendonça Martins da Cruz

Ao discorrer sobre a situação política, económica, cultural e religiosa em que a Europa se encontrava antes da I GM, o autor aponta as causas que levaram ao deflagrar do conflito, e para o qual as várias tentativas no plano diplomático não lograram evitar.

Estratégia Marítima, Quo vadis?
Mestre
André Barbicas Ferreira

A Estratégia Naval consiste no emprego dos recursos à disposição do Poder Naval visando a atingir os fins da Estratégia Marítima e, por conseguinte, da Política Externa de um Estado.

A Estratégia Marítima foi definida em 1911, por Sir Julian Corbett, como o princípio pelo qual é governada uma guerra em que o mar é o fator substancial, com a finalidade de influenciar os eventos em terra.

Símbolos, tradições e rituais: representações do Duque de Caxias pelo Exército Brasileiro
Dr.
Marcus Vinicius Gomes da Fonseca

O artigo analisa os usos e abusos da figura do militar Luís Alves de Lima e Silva, mais conhecido por “Duque de Caxias”, feitos pelo Exército Brasileiro durante o decorrer do século XX e até os dias atuais, institucionalizando rituais, festas e tradições, como o “Dia do Soldado”, comemorado no dia 25 de Agosto.

Crónicas Militares Nacionais
Coronel
Nuno Miguel Pascoal Dias Pereira da Silva
  • FRONTEX: Força Aérea termina TRITON e começa POSEIDON
  • Portugal participou na 59ª reunião dos Estados-Maiores Peninsulares
  • Militares portugueses em missão no Kososvo participam no exercício Silver Saber
  • Força Aérea realizou exercício SHARPEYE-15
  • O Presidente da República inaugurou a requalificação do Forte da Graça em Elvas
  • O Ministro da Defesa Nacional foi recebido pelas Forças Armadas Portuguesas após a tomada de posse do XXI Governo Constitucional
Capa da Revista

Última revista publicada:

Nº 2569/2570 -Fevereiro/Março de 2015

Avatar image
Capa da Revista

Assinaturas anuais

REVISTA MILITAR @ 2016
by CMG Armando Dias Correia